Search Hashtag & User

#porainorio Instagram Story & Photos & Videos

porainorio - 439.6k posts

Latest #porainorio Posts

  • Para finalizar o ciclo de 2018, uma foto do retorno da inauguração da Árvore de Natal do Rio. Foram 2 anos sem ter essa beleza de espetáculo! 🎄

    #photooftheday
    #picoftheday
    #anos2010
    #2018
    #tbt
  • Para finalizar o ciclo de 2018, uma foto do retorno da inauguração da Árvore de Natal do Rio. Foram 2 anos sem ter essa beleza de espetáculo! 🎄

#photooftheday
#picoftheday
#anos2010
#2018
#tbt
  •  14  2 21 minutes ago
  • Na escola de gastronomia somos doutrinados a criar pratos com cores diferentes, pois agrada ao olhar e nutricionalmente atende nossas necessidades já que alimentos de cores distintas possuem grupos de nutrientes distintos.⠀

    Contudo, gastronomia não é dia a dia, culinária é. Na gastronomia podemos ir além, empurrar os limites à novas possibilidades e por que não elaborar pratos monocromáticos.⠀

    Confesso que sou fã incondicional de pratos monocromáticos o que já me rendeu algumas palestras sobre o assunto nomeando a palestra como: Monocromia sem Monotonia.⠀

    No seu desenvolvimento, busquei em outras áreas a solução.⠀

    Encontrei na Moda. Pesquisando trabalhos sobre a moda e o uso das cores, compreendi que o look pode ser impressionante mesmo sendo de uma só cor. O detalhe importante é entender que uma cor possui infinitos tons, desde clareada com branco ou escurecida com preto. Imagine o vermelho que pode ir desde o rosa bem claro ao quase marrom.⠀

    Desta forma, assim como na moda, na gastronomia para criarmos um prato monocromático interessante precisamos variar os tons e mais importante, as texturas. O interessante de se trabalhar uma cor só é que o cliente precisa de fato investigar o que se come com o paladar, já que muitos detalhes não costumam ser descritos nestes pratos e a percepção visual tende a deixar dúvidas.⠀

    Quique da Costa e Andoni Aduriz são dois chefs espanhóis que gostam de trabalhar monocromia de forma a surpreender seus clientes. Vale a pena pesquisar
    seus pratos.⠀

    Já nos pratos com muitas cores, o processo é mais simples.⠀

    Depende da louça que escolhemos, já que as cores se acendem ou apagam dependendo do fundo que a colocamos. Um purê de batata baroa bem amarelo, acende no prato escuro, já um de beterraba acende no branco. Levando isso em conta, fica mais fácil criar pratos que visualmente agradam bastante.
  • Na escola de gastronomia somos doutrinados a criar pratos com cores diferentes, pois agrada ao olhar e nutricionalmente atende nossas necessidades já que alimentos de cores distintas possuem grupos de nutrientes distintos.⠀
⠀
Contudo, gastronomia não é dia a dia, culinária é. Na gastronomia podemos ir além, empurrar os limites à novas possibilidades e por que não elaborar pratos monocromáticos.⠀
⠀
Confesso que sou fã incondicional de pratos monocromáticos o que já me rendeu algumas palestras sobre o assunto nomeando a palestra como: Monocromia sem Monotonia.⠀
⠀
No seu desenvolvimento, busquei em outras áreas a solução.⠀
⠀
Encontrei na Moda. Pesquisando trabalhos sobre a moda e o uso das cores, compreendi que o look pode ser impressionante mesmo sendo de uma só cor. O detalhe importante é entender que uma cor possui infinitos tons, desde clareada com branco ou escurecida com preto. Imagine o vermelho que pode ir desde o rosa bem claro ao quase marrom.⠀
⠀
Desta forma, assim como na moda, na gastronomia para criarmos um prato monocromático interessante precisamos variar os tons e mais importante, as texturas. O interessante de se trabalhar uma cor só é que o cliente precisa de fato investigar o que se come com o paladar, já que muitos detalhes não costumam ser descritos nestes pratos e a percepção visual tende a deixar dúvidas.⠀
⠀
Quique da Costa e Andoni Aduriz são dois chefs espanhóis que gostam de trabalhar monocromia de forma a surpreender seus clientes. Vale a pena pesquisar 
seus pratos.⠀
⠀
Já nos pratos com muitas cores, o processo é mais simples.⠀
⠀
Depende da louça que escolhemos, já que as cores se acendem ou apagam dependendo do fundo que a colocamos. Um purê de batata baroa bem amarelo, acende no prato escuro, já um de beterraba acende no branco. Levando isso em conta, fica mais fácil criar pratos que visualmente agradam bastante.
  •  27  1 35 minutes ago
  • Que 2019 seja de uma parceria ainda mais forte!ㅤ

    Obrigado Farinha Pura. É uma honra estarmos em um dos mais famosos empórios gastronômicos da cidade maravilhosa.ㅤ

    ❤ㅤ
  • Que 2019 seja de uma parceria ainda mais forte!ㅤ 
ㅤ
Obrigado Farinha Pura. É uma honra estarmos em um dos mais famosos empórios gastronômicos da cidade maravilhosa.ㅤ 
ㅤ
❤ㅤ
  •  24  5 1 hour ago
  • Construção da Usina Nuclear Angra 1 em Angra dos Reis, municipio da região de Costa Verde, estado do Rio de Janeiro. -
    -
    A usina começou a ser construida durante a Ditadura Militar, na Praia de Itaorna em Angra, area parte de uma vila de descendentes de escravos, cuja iluminação era a base de lampiões. As usinas foram construidas ali devido a proximidade de Angra com Rio-São Paulo-Belo Horizonte. Em 3 décadas, o país gastou U$$ 45 bilhões e só concluiu duas das três centrais. Após atrasos desde os anos 70. A construção da polemica Usina começou em 1970, com a abertura da Rodovia Rio-Santos no Sul Fluminense e com acordos (pouco transparentes) que o Brasil fez com a Alemanha e os EUA. Desde a década de 1940, sucessivos governos brasileiros tentaram desenvolver energia nuclear no Brasil. O Brasil comprou equipamentos da usina dos EUA Westinghouse para a construção de Angra 1 (inaugurada em 1985), em 1969 e 1975, o governo militar selou acordos de cooperação com a Alemanha para a construção de Angra 2. O que desagradou os americanos. A usina de Angra 2 só entrou em funcionamento em 2000. Angra 3 ainda está em construção. As construções provocaram protestos de ambientalistas e ecologistas do mundo inteiro. Alguns chegando até a fechar a Rio-Santos em manifestações. No final da década de 1970, o Brasil desenvolveu um programa nuclear secreto para enriquecimento de uranio, ficando de fora das inspeções da Agência Internacional de Energia Nuclear (AIEA). Em 1986, no governo Sarney, a Marinha do Brasil admitiu, que havia estudos para construir um submarino nuclear, e em 1987, o Brasil anunciou o dominio do enriquecimento de Uranio. Em 1988, o Brasil, a Argentina e Uruguai assinaram um acordo para o uso pacifico da Tecnologia Nuclear. Acabando, segundo Sarney, "com a versão de que existe uma corrida nuclear na América Latina." -
    -
    Fonte da Foto: Aventuras na História. -
    -
    Link: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/acervo/obras-infraestrutura-ditadura-militar-brasil-estao-maiores-seculo-20-781081.phtml -
    -
    Marque #eorioeraassim
  • Construção da Usina Nuclear Angra 1 em Angra dos Reis, municipio da região de Costa Verde, estado do Rio de Janeiro. -
-
A usina começou a ser construida durante a Ditadura Militar, na Praia de Itaorna em Angra, area parte de uma vila de descendentes de escravos, cuja iluminação era a base de lampiões. As usinas foram construidas ali devido a proximidade de Angra com Rio-São Paulo-Belo Horizonte. Em 3 décadas, o país gastou U$$ 45 bilhões e só concluiu duas das três centrais. Após atrasos desde os anos 70. A construção da polemica Usina começou em 1970, com a abertura da Rodovia Rio-Santos no Sul Fluminense e com acordos (pouco transparentes) que o Brasil fez com a Alemanha e os EUA. Desde a década de 1940, sucessivos governos brasileiros tentaram desenvolver energia nuclear no Brasil.  O Brasil comprou equipamentos da usina dos EUA Westinghouse para a construção de Angra 1 (inaugurada em 1985), em 1969 e 1975, o governo militar selou acordos de cooperação com a Alemanha para a construção de Angra 2. O que desagradou os americanos. A usina de Angra 2 só entrou em funcionamento em 2000. Angra 3 ainda está em construção. As construções provocaram protestos de ambientalistas e ecologistas do mundo inteiro. Alguns chegando até a fechar a Rio-Santos em manifestações. No final da década de 1970, o Brasil desenvolveu um programa nuclear secreto para enriquecimento de uranio, ficando de fora das inspeções da Agência Internacional de Energia Nuclear (AIEA). Em 1986, no governo Sarney, a Marinha do Brasil admitiu, que havia estudos para construir um submarino nuclear, e em 1987, o Brasil anunciou o dominio do enriquecimento de Uranio. Em 1988, o Brasil, a Argentina e Uruguai assinaram um acordo para o uso pacifico da Tecnologia Nuclear. Acabando, segundo Sarney, "com a versão de que existe uma corrida nuclear na América Latina." -
-
Fonte da Foto: Aventuras na História. -
-
Link: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/acervo/obras-infraestrutura-ditadura-militar-brasil-estao-maiores-seculo-20-781081.phtml -
-
Marque #eorioeraassim
  •  127  6 1 hour ago
  • Na festa @ocamarote todo mundo é VIP PRA CARALHO e o item mais ostentado é o sorriso no rosto! A festa que nasceu de uma brincadeira de carnaval vem com uma edição histórica no dia 05/03 (terça de carnaval) com um apen bar daqueles pra ninguém botar defeito!
    Atração surpresa confirmada: Arca de Noé 🎨

    Código de desconto: DELAS
    Vendas: @eventbriteorganizador
  • Na festa @ocamarote todo mundo é VIP PRA CARALHO e o item mais ostentado é o sorriso no rosto! A festa que nasceu de uma brincadeira de carnaval vem com uma edição histórica no dia 05/03 (terça de carnaval) com um apen bar daqueles pra ninguém botar defeito! 
Atração surpresa confirmada: Arca de Noé 🎨

Código de desconto: DELAS
Vendas: @eventbriteorganizador
  •  23  1 1 hour ago
  • L I V I N G
  • L I V I N G
  •  34  4 2 hours ago